segunda-feira, 2 de março de 2015

Mau, muito mau...


O GD Ribeirão deslocou-se ontem a terras para lá do Marão e como diz o ditado mandam os que lá estão e foi a verdade, o Ribeirão foi a Amarante perder por duas bolas a uma, em jogo a contar para a 3ª jornada do CNS - Série B, Fase da Manutenção/Descida.

Com este resultado a equipa caiu novamente nos lugares de descida e viu fugir os seus adversários na classificação. Pode-se dizer que o calendário não tem ajudado, pois tivemos duas jornadas fora de portas, mas eu digo, que não conseguir alcançar pontos fora torna a situação difícil e obriga claramente a equipa a vencer os jogos todos em casa a começar já no próximo domingo frente ao líder e invicto Vizela, será difícil, mas para não ser mau as coisas terão de mudar e muito para o clube sair da situação em que se encontra na tabela classificativa.


CAMADAS JOVENS - Resultados 28 Fevereiro e 1 Março

JUNIORES
Ferreirense 3
GD RIBEIRÃO 1

JUVENIS (sub-17)
GD RIBEIRÃO 1
Marinhas 0

JUVENIS (sub-16)
GD RIBEIRÃO 3
Operário 1

INICIADOS
GD RIBEIRÃO 2
Marinhas 0

INFANTIS (sub-13)
Torcatense 5
GD RIBEIRÃO 3

INFANTIS (sub-12)
Ac. Elite sport 2 
GD RIBEIRÃO 6

BENJAMINS (sub-11)
GD RIBEIRÃO 4
Ac. Elite sport 2

BENJAMINS (sub-10)
GD RIBEIRÃO 0
Ac. Elite sport 15

GDR 47 Anos - por Maurício Sá Couto

(Pf: Clique na imagem para ampliar)

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

CAMADAS JOVENS - Resultados 21 e 22 Fevereiro



OBSERVAÇÃO JOGO
"Foi um jogo que presenciei e vi que eram ambas as equipas boas, duas equipas que queriam ter a bola e não andar sem ela, mas o GD Ribeirão foi prejudicado logo ao 3' minutos, na minha opinião não era expulso o central do Ribeirão. Depois a táctica do Ribeirão era mais defensiva visto que estavam com menos 1 homem, mesmo assim marcaram 3 golos com menos um jogador. A equipa do Vilaverdense teve muitas falhas, e por vezes desperdiçavam algumas situações de perigo para o Ribeirão. Na minha opinião achei que é injusta a posição do Ribeirão na tabela classificativa, ao Vilaverdense desejo sorte pois tem uma melhor equipa que o Merelinense! Boa sorte as duas equipas no resto do campeonato!
Neutro do Norte








Ribeirão sai derrotado no dérbi famalicense

O GD Ribeirão deslocou-se na tarde de ontem ao terreno da vizinha AD Oliveirense em jogo a contar para a 2ª jornada do CNS - Série B, fase de Manutenção/Descida e perdeu por duas bolas a uma.

Na antevisão deste encontro eu bem que referi que o Ribeirão nos últimos confrontos com o vizinho Oliveirense tem tido muito problemas e este encontro não fugiu à regra. O técnico Tulipa teve de fazer mexidas no onze inicial em relação ao jogo anterior devido a lesões no plantel ribeirense que não é muito grande e com as lesões as opções dificultam mais as opções técnicas, assim do onze inicial saíram Gil Barros, Onyeka por lesão e James por opção, e entraram de inicio Ivo Silva, Mendonça e Olatunji para os seus lugares.
O encontro até começou bem para o Ribeirão que entrou mais ofensivo e tirou partido disso e aos 10' minutos inaugurou o marcador numa jogada de envolvência do ataque ribeirense, com Hélio Cruz a colocar em Mendonça e este a colocar na área e mesmo o guardião da casa tentando intersectar não conseguiu e o goleador Ogana abriu o activo a favor do Ribeirão, mas a seguir ao golo a reacção dos homens de Oliveira de Santa Maria foi forte e aos 21' minutos acabariam por chegar à igualdade na cobrança de um canto, Marco Ribeiro a fazer o golo e a dedicar ao colega lesionado Théo Mendy a grande baixa na formação adversária. Com o golo os homens da casa ganharam mais confiança e volvidos cinco minutos do golo do empate chegavam à vantagem aos 26' minutos, depois de um grande defesa de Christopher a negar o golo a bola foi rechaçada para fora da área e num remate impensável e sem hipóteses de defesa, Marcos Areias assina o golo mais bonito da tarde e colocava a Oliveirense na frente do marcador e dava cambalhota ao resultado, passando o Ribeirão de vencedor a vencido em apenas cinco minutos, e o Ribeirão sentiu os golos dos homens da casa e não conseguiu contrariar a equipa contrária que controlava as operações e incidências do jogo.

Na segunda parte o treinador ribeirense Tulipa fez entrar James para o lugar do Olatunji e o Ribeirão ganhou nova alma no jogo e mais com o coração do que com a cabeça tentou criar maior perigo na defensiva contrária, mas sem sucesso, aos 72' minutos Tulipa arriscou tudo, fez sair Varela e Mendonça e fez entrar para os seus lugares João faria e Fatai, passando o Ribeirão a jogar num sistema diferente em 3+5+2, na busca do empate, mas a defensiva da Oliveirense ia conseguindo segurar a vantagem, embora aos 82' minutos James e o Ribeirão estiveram perto de fazer a igualdade não fosse Leo ter negado o golo com uma excelente intervenção negando assim o empate ao Ribeirão.

Para a história fica a derrota do Ribeirão fora de portas, num jogo onde a Oliveirense foi justa vencedora, e onde beneficiou do facto de estar tranquila da tabela classificativa, ao passo que o Ribeirão, mesmo estando em vantagem no marcador não soube ter frieza e a clama necessária para levar de vencida o seu opositor. Com a derrota o Ribeirão não caiu na tabela, beneficiou do empate do Sta. Eulália em casa frente ao Felgueiras no entanto continua em posição complicada na classificação e na próxima jornada tem mais um jogo fora de portas em Amarante que é nesta altura a equipa acima do Ribeirão na tabela classificativa com 13 pontos, mais cinco que o Ribeirão que só tem 8 pontos, os mesmos que o Sta. Eulália.

RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Antevisão ADO vs GDR


O GD Ribeirão desloca-se no próximo domingo, 22 de Fevereiro a Oliveira de Santa Maria, para defrontar a vizinha AD Oliveirense, em jogo a contar para a 2ª jornada do Campeonato Nacional Seniores, Fase da Manutenção/Descida, em mais um dérbi famalicense.

As duas equipas entram para este jogo com ambientes distintos, e distintos em dois casos, primeiro o Ribeirão vem de um resultado vitorioso, ao passo que a Oliveirense vem de uma derrota, se aos ribeirenses este resultado é animador e trás novo alento para esta 2ª fase, para os homens da casa a derrota não estava nas suas contas e queriam fazer um campeonato pleno de bons resultados, mas não começaram da melhor forma; por outro lado o ambiente é distinto porque o Ribeirão apesar da vitória e tal como Tulipa disse no final do encontro ainda não ganhou nada e ainda se encontra em situação difícil na tabela classificativa e pode e deve fazer mais, pela valia do seu plantel; por seu turno a Oliveirense apesar da derrota ainda respira tranquila na classificação, pois tem mais quatro pontos que os ribeirenses que são a primeira equipa acima da linha de água.

Vai ser uma partida dificílima para o Ribeirão, que em Oliveira de Sta. Maria tem sentido imensas dificuldades para levar de vencida o seu adversário e mesmo conseguir alcançar pontos, se virmos a tabela abaixo, podemos ver que nos últimos três encontros e realizados no CNS, os ribeirenses só conseguiram um empate e foram derrotados nas duas outras vezes, o que revela as dificuldades que são esperadas pelo Ribeirão nesta deslocação à Oliveirense. O Ribeirão terá um jogo importante nesta jornada, pois se vencer a partida aproxima mais dos lugares seguros da classificação, se empatar não será um mau resultado, pois alcançar pontos fora de portas é muito importante e numa série equilibrada como a que o Ribeirão se encontra é certamente um bom resultado, mas se a derrota for o resultado os ribeirenses podem cair novamente em situação difícil na classificação e ainda tem em sua desvantagem o facto de na jornada seguinte ter de jogar novamente fora de portas em Amarante.


CAMADAS JOVENS - Jogos de 21 e 22 de Fevereiro


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

CAMADAS JOVENS - TAÇA AF BRAGA


JUNIORES
"Apesar da derrota, os juniores fizeram um grande jogo.
Com um pouco mais de eficácia, e sem os erros da equipa de arbitragem teriam vencido fácil.
Exibição muito personalizada!!!"

Amadeu Pinheiro

JUVENIS
"Exibição de grande nível dos miudos ribeirenses, que demonstraram no campo do adversário e contra tudo e contra todos que tem potencial e derrotaram uma das melhores equipas da AF Braga que não é mais que um "Braga B".

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Ribeirão entra a vencer na 2º fase

 

O GD Ribeirão recebeu hoje no Estádio do Passal a formação do SC Vila Real em jogo a contar para a 1ª jornada do Campeonato nacional Seniores, Série B, 2ª fase da Manutenção/Descida e venceu por uma bola a zero.

Não podia ter melhor arranca da 2ª fase a turma ribeirense, pois conseguiu no primeiro encontro regressar às vitórias e distanciar-se do seu adversário directo e mais ainda conseguiu para já sair de um dos lugares que dava a descida de divisão, beneficiando da derrota do Santa Eulália e claro está o facto de ter vencido e conquistado os três pontos, sem dúvida um bom começo de uma nova etapa do campeonato.

Falando agora do jogo, o técnico Tulipa fez alinhar de inicio dois reforços de inverno, Diogo Pires e Onyeka, além dos reforços Hélio Cruz e Bruno Silva que já haviam feito os últimos encontros da primeira fase e mudou o xadrez do Ribeirão em campo, e entrou claramente melhor na partida com vontade de resolver o encontro a seu favor desde inicio e aos 4' minutos Onyeka quase marcava na sequência de um canto com o defesa forasteiro a cortar em cima da linha de golo, mas acabaria por conseguir aos 10' minutos da cobrança de uma grande penalidade, convertida por Ogana que fazia assim o golo do Ribeirão, mas os ribeirenses queriam mais e foram tentando dilatar a vantagem no marcador, até que aos 30' minutos de jogo o Vila Real ficou reduzido a dez elementos por expulsão de Rui Magalhães por acumulação de cartões amarelos, depois de ter feito penalti, fez uma entrada a pés juntos ao jogador ribeirense  e a ver a cartolina encarnada por acumulações. A partir daqui pensava-se que a partida estava controlada pelo Ribeirão, e que seria que mandaria no jogo, mas foi o Vila Real a criar perigo junto da defensiva ribeirense, fazendo com que Tulipa não saísse totalmente satisfeito ao intervalo com o desenrolar dos acontecimentos,

Na segunda parte e depois das correcções do técnico ribeirense, o Ribeirão entrou mais dominador e a preencher melhor os espaços, mas do outro lado tinha pela frente um Vila Real sempre activo e criativo com destaque para Gabriel Aquini que de quando em vez ia causando calafrios na defensiva ribeirense, mas os defesas do Ribeirão iam controlando as operações, com as substituições o Ribeirão controlou melhor o seu adversário e até final não houve notas de grande registo.

Vitória sofrida do Ribeirão que entrou da melhor forma na 2ª fase e que assim conquista os três pontos em disputa e começa a sua fuga aos lugares de despromoção.

RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO


CAMADAS JOVENS - Resultados 14 e 15 Fevereiro


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Antevisão GDR vs SCVR

O GD Ribeirão regressa à actividade competitiva no próximo domingo, 15 de Fevereiro, e recebe no Estádio do Passal às 15h, o Vila Real em jogo a contar para a 1ª Jornada do Campeonato Nacional Seniores, Série B, Fase da Manutenção/Descida.

Os dois emblemas em confronto ocupam neste momento as duas posições que ditam a descida de divisão, ou seja aos distritais das respectivas federações desportivas, mas nada está perdido e ambas as equipas terão ainda 14 jornadas para mudarem o rumo dos acontecimentos, e depois de uma primeira fase para esquecer de ambas as formações, espera-se e no que diz respeito mais ao Ribeirão que o cenário mude de feição e que a 2ª fase do campeonato seja mais risonha e possa colocar o clube no lugar que merece e lhe compete.

O Ribeirão reforçou-se neste mercado de inverno, para fazer fase aos novos desafios que se apresentam, mas também para melhorar alguns sectores mais desfalcados da equipa, assim sendo o Ribeirão conta nesta fase com: as entradas dos guarda-redes Christopher, Gabriel, e de João Cruz que fez uma fase final da época passada brilhante; com os defesas Bura, Gil Barros, Vitinha, Ivo Silva e Rafael que faziam parte do plantel inicial e contam com o reforço Bruno Silva que já efectuou dois encontros pelo clube e com o regresso do lesionado João Faria que recuperava de grave lesão; no meio campo continuam o capitão Varela, os nigerianos Isaiah e James, e os jovens Mendonça e William, e conta com os reforços Diogo Pires, com o nigeriano Olatunji e com o médio Hélio Cruz que já fez uma partida oficial pelos ribeirenses; no ataque as alterações foram muitas e apenas ficam do plantel inicial o goleador Ogana, e Aylton Boa Morte, a estes juntam-se o jovem Brash e o goleador Oneyka que trás novo fulgor ao ataque ribeirense. No que diz respeito à equipa técnica depois de ter orientado a equipa nas últimas jornadas da primeira fase, Tulipa assume a equipa, ladeado de Ricardo Henriques que assume o papel de treinador adjunto e deixa o cargo de treinador de guarda-redes, para o seu lugar vai o guardião Nuno Santos que assim deixa a carreira de guarda-redes e assume as funções de treinador dos mesmos, e tem com preparador físico Fernando Pereira.

Com estas mexidas e com os jogos treinos efectuados nestes longo período de interregno do campeonato, que não lembra a ninguém, o Ribeirão entra nesta fase consciente que terá de ultrapassar os obstáculos jogo a jogo e mudar o lugar que ocupa, a tarefa não é fácil, mas também não é impossível e jogo a jogo os objectivos serão tidos em conta,e  para melhorar a posição nada como entrar a ganhar e perante um adversário directo na fuga à despromoção e até porque joga em casa e em casa manda o Ribeirão e terá de o ser assim nesta fase, porque os jogos em casa poderão dar a tranquilidade classificativa que se espera, numa série que é apelidada por muitos como a série mais competitiva e onde o equilíbrio é notório,e os jogos em casa tem o seu peso.

Este domingo espera-se o apoio dos sócios e simpatizantes do Ribeirão que devem estar com "fome" de bola, pois já não há jogos há mais de um mês, e porque o clube precisa do apoio de todos para sair da situação em que se encontra e um clube bairrista como já foi em tempos o Ribeirão precisa agora mais que nunca do fervor dos seus adeptos e espera-se uma boa casa, apesar de haver na freguesia outros motivos de interesse, mas o futebol deverá imperar.