domingo, 27 de abril de 2008

RIBEIRÃO goleia Chaves

Este domingo (27 de Abril) o GD Ribeirão deslocou-se à Capital do Alto Tâmega, e venceu a equipa local do GD Chaves por 3 bolas a zero. Uma goleada só ao alcance de verdadeiros campeões. Quem ainda não Acredita?!

Foi um jogo com um início equilibrado,mas ao 9 minutos o GD Ribeirão adiantou-se no marcador após Pires ter convertido uma grande penalidade, mais um golo da conta pessoal do Pires que já tem 22 golos marcados esta época. ao intervalo o resultado era de Chaves 0-1 Ribeirão. Na segunda parte o Ribeirão entrou presionante e logo a abrir aumentou a sua vantagem no marcador por intermédio de Nelson, na cobrança de livre directo, pouco depois o Ribeirão mataria de vez o jogo ao apontar o terceiro golo da tarde por Monteiro, carimbando uma excelente partida do mesmo jogador e fazendo o resultado final da partida.
Quanto à equipa de arbitragem, mais uma vez muito fraca, expulsões sem pés nem cabeça, o Bura expulso por ser agredido e o Monteiro por jogar muito à bola, querem-nos tramar, mas mesmo assim não conseguem.
Uma última palavra para a excelente massa adepta do Ribeirão que mesmo longissimo do Passal foram apoiar a equipa, desde o 1º ao último minuto do jogo, assim não há quem nos vença.


Marcadores: Pires, Nelson e Monteiro



O Ribeirão com esta vitória alcançada em Chaves subiu ao 1º lugar, onde esperamos que não venha a sair. Já estamos em 1º, agora tentem nos tirar de lá?!

Somos a equipa com o melhor ataque (9 golos marcados) e a melhor defesa (2 golos sofridos), além de que temos 2 vitórias fora de portas e logo goleadas (4-1 ao Valdevez e 3-0 ao Chaves), num total de 4 vitórias e apenas uma derrota, se mantivermos esta linha concerteza que iremos disputar o acesso à Liga Vitalis.


segunda-feira, 21 de abril de 2008

Para relembrar e ACREDITAR

GD RIBEIRÃO 2-1 GD CHAVES

Fantástica 2ª Parte do Ribeirão



Este domingo (20 Abril) o GD Ribeirão recebeu e venceu o U. Madeira, até então 1º classificado por uma bola a zero.


Foi um jogo aberto, onde ambas as equipas jogaram ao ataque e em busca dos três preciosos pontos, mas onde o GD Ribeirão na segunda parte assumiu as rêdeas do jogo e foi dono e senhor do mesmo, cabendo-lhe aos seus dianteiros as melhores oportunidades da partida, que ou por inoperância dos mesmos ou porque a equipa de arbitragem assim não o deixou.


O golo esse apareceu aos 80 minutos por Pires após a conversão de uma grande penalidade que o mesmo sofreu, colocando justiça no resultado e fazendo com que a equipa do Passal carimba-se os três pontos e ultrapassa-se o U. Madeira na classificação, estando agora o Ribeirão em 2º lugar, atrás do próximo adversário o Chaves que lidera com 32 pontos, mais um que o Ribeirão.


De salientar a excelente moldura humana presente no Passal, que encheu por completo as bancadas do Passal dando um colorido especial à partida e também se tornou no 12º jogador, apoiando de inicio ao fim os pupilos de Lito Vidigal.


Quanto à equipa de arbitragem, prefiro não tecer comentários, pis nem os merecem, foi muito má para ser verdade, assinalou uma grande penalidade, mas quantas mais ficaram por assinalar.


Domingo todos a Chaves, para apoiar a equipa em mais um jogo contra o 1º classificado, utilizando umditar popular, "água mole em pedra dura, tanto bate que até que fura", e o Ribeirão tanto que insiste e luta todos os fins de semana que acabará por alcançar os seus frutos, ao alcançar o 1º lugar e disputar o playoff de acesso à Liga Vitalis.



sábado, 19 de abril de 2008

TODOS AO PASSAL!!! NÓS ACREDITAMOS!

Pessoal este domingo vamos encher o Passal os bilhetes são de borla, só não vai quem não quer. No Passal mandamos nós, mas nós os adeptos temos de ser o 12 jogador e apoiar os nossos atletas de inicio ao fim, para alcançarmos mais uma vitória e deixar a nossa equipa mais perto do sonho e continuar a depender apenas e só de nós mesmos.

Temos equipa, temos paixão, força Ribeirão!!!

COM CORAGEM E ARDOR, SERÁS SEMPRE O CAMPEÃO!!!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Ribeirão escorregou em Lousada, mas não caiu!...

O Lousada conseguiu esta tarde (13/Abril) uma vitória de grande importância, que lhe permite discutir algo mais nesta 2ª fase de subida. Gostava de destacar incontornávelmente, a grande falange humana de apoio à equipa do Ribeirão que “inundou” por completo o Estádio Municipal de Lousada, contrastando com a fraca assistência apoiante à equipa do Lousada. Contudo, nos minutos iniciais, assistiu-se a um despique de cânticos entre os adeptos das duas equipas. No que diz respeito ao jogo, o Ribeirão entrou melhor no jogo, com Pires a revelar-se o mais inconfurmado dos visitantes e a criar perigo por duas ocasiões.Os primeiros 15 minutos da primeira parte a serem dominados pela equipa do Ribeirão, após esse periodo, o jogo repartiu-se e houveram ocasiões de golo para ambas as equipas.Aos 17 minutos, através de um pontapé de canto, Spencer surge na pequena área a cabecear, para uma defesa aparatosa e incompleta do guardião Matos e na recarga Koffi a cabecear ligeiramente por cima da baliza.Na resposta, O Ribeirão quase maracava, não fosse o guardião Orlando opôr-se com uma bela estirada, desviando para canto um remate forte e colocado vindo de fora de área.Após este lance, a equipa do Ribeirão tornou a recuperar a posse de bola e dominou. Porém, o minuto 30 viria a ser fundamental para as hostes visitantes: cruzamento na ala esquerda do ataque do Lousada para a entrada da pequena área, onde surge, fulgurantemente, Koffi a cabecear para o fundo da baliza do Ribeirão, fazendo o golo do Lousada. Koffi, não se conteve e festejou efusivamente com os adeptos do Lousada, o que lhe valeu um cartão amarelo.Os minutos finais da primeira parte foram de grande sufoco junto da grande área do Ribeirão: Primeiro foi Koffi que no vértice esquerdo da grande área adversária, remata fortíssimo e a bola embate, simultaneamente, na barra e no chão, com alguma violência. Depois, após um canto de Ginho, o guardião Matos desvia para a entrada da grande área, onde surge Bruninho a fazer um “chapéu” que obrigou o guardião do Ribeirão a desviar a bola por cima da baliza.1.Na 2ª parte, o Ribeirão tornou a entrar melhor, porém, só através de lances de bola parada é que as equipas criavam relativo perigo junto das balizas. Com o decorrer do jogo, ambas as equipas passaram a disputar o jogo mais a nível de meio-campo. Cada lance era disputado com muita garra pelos jogadores de ambas as equipas, o que valeu que alguns jogadores saíssem lesionados com alguma gravidade, nomeadamente, Leandro (Ribeirão) e Koffi e Carlos Viana (Lousada), salvo erro.A arbitragem comecou a ser contestada com alguma intensidade por parte dos adeptos de ambas as equipas.Já perto do fim, grande ocasião de golo para a equipa do Ribeirão: livre em posição frontal á baliza de Orlando, mesmo á entrada da grande área do Lousada, e Monteiro atirar para o guardião Orlando fazer a maior defesa da tarde, evitando o golo do empate que valería um ponto para a equipa visitante. Durante os cinco minutos de compensação dados pelo árbitro da partida, a equipa do Ribeirão deu o “tudo por tudo” para marcar o golo da igualdade, lutou até ao último segundo de jogo, mas nada se alterou até ao fim da partida e após o apito final do árbitro da partida, os sócios e adeptos do Lousada festejaram a primeira vitória do Lousada com grande euforía.
O Ribeirão escorregou em Lousada com este resultado, masnão caiu porque os restantes adversários empataram todos. Na próxima jornada a equipa do Passal recebe o 1º classificado o U. Madeira que está a apenas com 2 pontos de vantagem sobre os ribeirenses.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Sonho cada vez mais possivel...


O G.D. Ribeirão recebeu e venceu este domingo (6 Abril), o vizinho Tirsense por uma bola a zero.
Numa partida bem disputada por ambas as equipas, onde a posse de bola esteve sempre repartida, a equipa da casa foi quem criou mais e melhores oportunidades de golo, que acabou por conseguir num lance feliz aos 32 minutos por intermédio de Paulo Rola, na sequência de um resalto de bola.
Arbitragem muito infeliz, ambas as equipas tiveram razões de queixa,por isso dizemos que esta equipa de arbitragem, "nem agardou a Gregos nem a Troianos"!
No final há a realçar o facto de esta ser a segunda vitória em tantos jogos disputados da euipa ribeirense rumo à IILiga, NÓS ACREDITAMOS!
Sendo que neste momento o Ribeirão ocupa o segundo posto com menos 1 ponto que o 1º classificado o U.Madeira com 29 pontos e o Ribeirão com 28 pontos, em igualdade pontual com o Chaves.