domingo, 26 de Outubro de 2008

Derrota na Madeira

O GD Ribeirão deslocou-se este domingo à ilha da Madeira para defrontar a equipa do Maritimo B, e perdeu por duas bolas a uma.

Foi uma partida bem disputada e equilibrada,onde a equipa Madeirense entrou melhor, conseguindo chegar à vantagem, ainda nos primeiros minutos, no entanto os ribeirense reagiram bem ao golo sofrido e foram em busca da igualdade, que poderia surgir pouco depois do golo dos insulares, depois de uma jogada excelente do lado esquerdo protagonizada pelo capitão Adriano, que cruzou para o cabeçeamento de Jefferson, que obrigou o guardião maritimista à defesa da tarde, no entanto aos 27' minutos os ribeirenses chegaram à igualdade através de uma grande penalidade convertida por Paulo Rola, fazendo o resultado ao intervalo.


No inicio da 2ª parte foi novamente a equipa insular a entrar melhor e a adiantar-se novamente no marcador, fazendo o 2-1, e que seria a resultado do jogo.


De referir que o técnico Luís Miguel, na sua antevisão ao jogo previa que este fosse um jogo facil, pois dizia o técnico que os seus jogadores estavam moralizados depois do jogo da taça, e que a equipa estava em crescendo de forma, mas tal não aconteceu e o Ribeirão sofreu a 3 derrota no campeonato, e é caso para dizer não há vitórias antecipadas, é preciso deixar tudo em campo e respeitar o adversário e provar em campo que somos os melhores. Espero que o técnico ribeirense tenha aprendido com a lição, e que já no próximo fim de semana, onde o Ribeirão defronta o Mª Fonte, os jogadores dêem uma alegria aos sócios e simpatizantes do Ribeirão.


Nesta altura o GD Ribeirão ocupa a 6ª posição com 3 vitórias, 3 derrotas e 1 empate, e com 6 golos marcados e 7 sofridos.

terça-feira, 21 de Outubro de 2008

segunda-feira, 20 de Outubro de 2008

Ribeirão não se intimidou!


O GD Ribeirão deslocou-se este domingo a Setubal, onde defrontou a equipa do Vitória FC, para a 3ª Eliminatória da Taça de Portugal, e onde foi batido por uma bola a zero, com o tento da partida a ser apontado através de uma grande penalidade duvidosa, assinalada pelo arbitro da partida no último minuto da 1ª parte.

Foi um Ribeirão que em nada se amedrontou,perante um dos históricos do campeonato português e que é um dos clubes "europeus", mas que em campo as diferenças não se fizeram notar, e onde o GD Ribeirão jogou de igual para igual, criando situações de perigo junto ao último reduto sadino, e não fosse a infelicidade do trio de arbitragem e a história do jogo poderia ser outra, pois as oportunidades do jogo foram repartidas, não havendo, ocasiões claras para ambas as equipas. Parabéns aos atletas que dignificaram e honraram o emblema ribeirense, e à massa associativa que se deslocou a Setubal.
V. SETÚBAL-RIBEIRÃO, 1-0 (Mateus 45' g.p.)

MINUTO A MINUTO, JOGADA A JOGADA
16:58 - Final da partida.




90'+2 - Litos evita o golo de Laionel.




90' - Mais cinco minutos para jogar.




87' - Jefferson passa por Anderson, mas depois adianta muito, com o guarda-redes Pedro Alves a afastar o perigo.




83' - Elias atira rasteiro e à figura de Litos, na conversão de um livre directo.




82' - CARTÃO AMARELO para Paulo Rola.O público fugiu da chuva e deixou as bancadas do Bonfim praticamente vazias...




75' - Auri a cabecear directamente para as mãos de Litos, após o canto de Elias.Depois de muito sol, chega agora a chuva ao Bonfim.




70' - Faquirá esgota as substituições. ELIAS entra, sai Leandro Lima.




68' - Sandro vê o CARTÃO AMARELO.




63' - Daúto Faquirá faz nova alteração: LAIONEL rende Mateus.




63' - Remate perigoso de Saleiro, ligeiramente ao lado da baliza de Litos, após desmarcação de Leandro Lima. Tinha tudo para fazer o golo...




62' - O Ribeirão esgota as substituições. Entra BACARI, sai Mendes.




59' - Vítor Lobo perde a bola em zona proibida... Janício cruza mas Litos afasta antes que a bola chegue a Saleiro.




58' - Livre de Anderson contra a barreira.




57' - No Ribeirão, sai Adriano e entra PIZZI.




55' - Adriano levanta um livre do Ribeirão para a área... Pedro Alves afasta e Bruno Pereira, na recarga, remata de pé esquerdo para nova defesa do guardião sadino. Esteve à vista o golo do empate.




16:03 - Reinício do encontro. No Vitória, SALEIRO rende Bruno Moraes. No Ribeirão, é BRUNO PEREIRA a entrar, sai Jerónimo




15:49 - Intervalo.




45' - GOLO DO V. SETÚBAL. MATEUS converte o pénálti de pé direito. Litos ainda adivinhou o lado, em vão.




44' - Grande penalidade para o Vitória. Lançado por Leandro Lima, Bruno Gama cai na área quando contornava o guarda-redes do Ribeirão.Bruno Moraes está estendido no relvado, queixando-se do joelho esquerdo, mas recupera pouco depois.




38' - Leandro Lima faz um centro do lado direito à procura de Bruno Moraes, mas Paulo Rola volta a cortar.




37' - Pedro Alves defende um remate de Jefferson, de fora da área.




35' - André Marques centra da esquerda, mas o intransponível Paulo Rola impede o cabeceamento de Bruno Moraes. Depois, Mateus remata às malhas laterais.




31' - Janício centra mais uma vez da direita. Pica corta de cabeça e por pouco não faz autogolo.O Ribeirão entrou melhor mas aos poucos a equipa da casa vai impondo a sua natural superioridade.




18' - Bruno Gama atira contra Pica, depois de tirar Mesquita do caminho.




17' - Novo cruzamento de Janício. Anderson remata ao segundo poste, com Pica, de cabeça, a fazer o corte.




15' - Janício cruza da direita, com Jerónimo a cortar... A bola sobra para Leandro Lima, que atira por cima.




11' - Remate de trivela de Mendes, ao lado da baliza de Pedro Alves. A equipa de Famalicão está a colocar a defesa sadina em sentido...




7' - Remate de Leandro Lima à figura de Litos, que segura à vontade.




6' - Danilo faz o primeiro remate do Vitória. Sai muito por cima.




2' - Centro de Mendes desde a direita e Tiago Martins atira por cima.




15:02 - Começa a partida. Sai o V. Setúbal




TAÇA DE PORTUGAL – 3.ª ELIMINATÓRIAV. SETÚBAL-RIBEIRÃO




Estádio do Bonfim, em Setúbal



Hora: 15:00




Árbitro: Pedro Henriques (Lisboa)




V. SETÚBALPedro Alves; Janício, Auri, Anderson, André Marques; Sandro, Danilo, Mateus; Leandro Lima, Bruno Moraes e Bruno Gama.



Suplentes: Milojevic, Hugo, Elias, Laionel, Bruno Ribeiro, Leandro Branco e Saleiro.



Treinador: Daúto Faquirá




RIBEIRÃOLitos; Mesquita, Paulo Rola, Pica, Vitor Lobo; André Serrão, Jerónimo, Tiago Martins, Adriano; Mendes e Jefferson.



Suplentes: Diego, Serafim, Bruno Pereira, Campinho, Rui Lopes, Pizzi e Bacari.



Treinador: Luís Miguel








Taça para afastar crise
CARLOS LOPES
O treinador Daúto Faquirá, vai aproveitar o jogo desta tarde, com o Ribeirão, a contar para a Taça de Portugal, para rodar alguns dos atletas menos utilizados. O técnico sadino deixou fora dos convocados cinco dos habituais titulares (Bruno Vale, Cissokho, Robson, Ricardo Chaves e Carrijo), mas promete apresentar uma equipa competitiva num desenho táctico (4x3x3) diferente do utilizado nas primeiras partidas da temporada.
O emblema setubalense têm pergaminhos na competição - venceu três troféus e marcou presença em uma dezena de finais - mas o prestígio acumulado ao longo da história, por si só não ganha jogos. Frente ao conjunto do concelho de Famalicão, os sadinos têm uma oportunidade de ouro para regressar aos triunfos, após os desaires com o Heerenveen na Taça UEFA (5-2) e Marítimo no Campeonato (0-2), de forma a poderem tranquilizar as hostes vitorianas.
A diferença de valores entre as duas formações é bastante acentuada, mas os pupilos de Luís Miguel não se vão deixar acanhar frente aos sadinos que ainda recentemente (2005) conquistaram a prova rainha do futebol português. Para chegar até aqui, o Ribeirão deixou para trás nas eliminatórias anteriores o Amarante (1-2) e o Joane (3-2 após grandes penalidades), ao passo que os sadinos vão estrear-se esta temporada numa competição onde têm uma palavra a dizer.



Vitória FC 1 - 0 GD Ribeirão
Futebol > Taça de Portugal 2008/2009 > 3.ª EliminatóriaVitória FC 1- 0 GD RibeirãoDia 19 de Outubro (Domingo) às 15:00Estádio do Bonfim - Setúbal

O Ribeirão entrou melhor mas aos poucos a equipa da casa impôs a sua natural superioridade.
Sem grande brilhantismo o Vitória FC segue em frente na Taça de Portugal, eliminando o Ribeirão graças a um golo de Mateus, na conversão de uma grande penalidade aos 45 minutos, mesmo em cima do intervalo.
A jogar em casa, e perante uma equipa da II Divisão, o Vitória tentou desde cedo assumir as despesas do jogo, com iniciativas pelos flancos. Os lances, contudo, eram muito adornados, sem resultar em grandes oportunidades de golo. Também por força da boa organização defensiva do Ribeirão, com a dupla de centrais Paulo Rola e Pica em bom plano. Em todo o caso os visitantes não abdicavam do seu meio-campo ofensivo, com o capitão Adriano a destacar-se na transição, com passes bem medidos para os homens mais adiantados. Oportunidades de golo, verdadeiras, eram coisa rara, tanto de um lado como do outro.
Com o decorrer do tempo os adeptos sadinos foram ficando impacientes, e à beira do intervalo já não escondiam a insatisfação com o rendimento da equipa. Bruno Gama era dos poucos a merecer aplausos, a cada lance que desequilibrava pela esquerda, e retribuiu esse apoio a um minuto do descanso, sofrendo uma grande penalidade. Mateus converteu, e deu à equipa da casa uma vantagem que ainda não tinha feito por merecer, dada a fraca exibição do primeiro tempo.
No segundo tempo era esperada uma reacção do Ribeirão, até tendo em conta a réplica da etapa inicial, mas perdeu coesão e assim não aconteceu. O ritmo de jogo continuava fraco, mas agora beneficiava a vantagem do Vitória, que desde o descanso tinha Saleiro no lugar de Bruno Moraes. O avançado emprestado pelo Sporting teve uma boa oportunidade para sentenciar a partida, aos 63 minutos, mas tirou tinta ao poste de Litos.
Sem grandes velocidades o jogo arrastou-se até final, com o Vitória a gerir a vantagem e o Ribeirão já sem força nem coesão suficiente para desafiar a presença no sorteio da quarta eliminatória.
Para os adeptos o motivo de maior interesse da segunda parte acabou por ser a chuva forte que começou a cair, quando o sol ainda brilhava bem forte por cima da Arrábida. Um cenário pouco habitual, a prejudicar a recta final do jogo e a deixar as bancadas mais vazias.



domingo, 19 de Outubro de 2008

segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Autocarro para Setubal


O GD Ribeirão está a organizar autocarros para a visita no próximo domingo, do Ribeirão a Setubal para defrontar a equipa sadina, na 3ª Eliminatória da Taça de Portugal.

O custo da viagem é de 20€, sendo que os autocarros saem junto ao Passal às 7 horas. O preço só inclui a viagem, o almoço e o bilhete fica por conta de cada um, os bilhetes para os sócios do Ribeirão fica por 5€ e 10€ para não sócios.

Vem apoiar a tua equipa e aproveitas para dar um passeio!

Vitória convincente!


O GD Ribeirão recebeu este Domingo (12 de Outubro), a equipa insular do Pontassolense e venceu por duas bolas a zero.

Num dia agradavel para a prática do futebol, onde o GD Ribeirão equipou de calção azul escuro e camisola Azul celeste listada, e o Pontassolense de Amarelo camisola e calções, nota ainda para o trio de arbitragem que actuou de negro e para a presença de pouco público no Passal.

Uma partida onde era esperado a vitória dos ribeirenses, mas tal como o seu técnico havia referido no decorrer da semana, seria um jogo onde o Pontassolense iria causar algumas dificuldades à defensiva ribeirense, e tal aconteceu, pois os forasteiros entraram melhor e causaram algum frisson na defensiva ribeirense, valendo algumas boas intervenções de Diego para segurar o nulo, depois seria o Ribeirão a mandar no jogo e a criar as jogadas de maior perigo junto à defensiva contrária, sendo que neste caso, continuam os atacantes ribeirenses a ser perdulários na hora da finalização. Aos 23 minutos o técnico Luís Miguel viu-se obrigado a fazer uma substituição, por lesão de Vitor lobo, que viria a ser substituido por Serafim, logo a seguir seria a vez de André Serrão se lecionar, mas desta feita após alguns minutos fora do terreno de jogo, este acabaria por recuperar e continuar na partida. Aos 27 minutos amarelo para Tiago Martins por este protestar e com razão por ter sido assinalado fora de jogo, e onde esse não existiu, sendo que já não era a primeira vez que o auxiliar do arbitro errava e não ficaria por aqui. Quando faltavam alguns minutos para terminar a 1ª parte eis que o GD Ribeirão chega à vantagem por intermédio de Tiago Martins, correspondendo a um excelente cruzamento tirado por Jefferson, e chegariamso assim ao intervalo com a vantagem dos ribeirenses por uma bola a zero.

No segundo tempo os ribeirenses entraram bem melhor que no primeiro tempo, procurando o golo da tranquilidade e com os madeirenses em busca da igualdade. Vantagem que podia ter sido dilatada aos 13 minutos do segundo tempo não fosse mais uma vez um erro do auxiliar do arbitro que assinalou um fora de jogo escandaloso, quando Tiago Martins cabeceou para defesa do guardião insular e a recarga o mesmo jogador introduz a bola na baliza contrária, mas para espanto dos adeptos e jogadores ribeirenses e dos jogadores insulares o golo foi anulado. Aos 15 minutos da 2ª parte grande ovação para o regresso de Bruno Pereira que iria entrar para o lugar de Jerónimo, enquanto o jogo continuava com os madeirenses em busca do empate e os ribeirenses a criar maiores oportunidades de golo e a desperdiçarem. Aos 23 minutos da segunda parte o técnico Luís Miguel faria a sua terceira substituição, fazendo entrar na partida Bacari para o lugar de Tiago Martins, que havia feito o primeiro da partida. Até que aos 31 minutos da segunda parte e num rápido contra-ataque, os ribeirenses haviam de chegar ao golo da tranquilidade por intermédio de Jefferson, coroando uma excelente exibição e fazendo desta forma o resultado final.

Vitória justa para a equipa do GD Ribeirão que assim somou a segunda vitória consecutiva e continua a subir na tabela classificativa, já estando em 5º lugar, com 10 pontos, a apenas 4 pontos do lider que agora é o Chaves, com 14 pontos.
35º Golo do GDR por Tiago Martins

quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

GD Ribeirão vence Gil Vicente


Mais uma vitória, desta feita em jogo-treino e frente a uma equipa da Liga Vitalis.


O GD Ribeirão realizou ontem no Passal um jogo-treino com o emblema do Gil Vivente, equipa barcelense do escalão superior aos ribeirenses. O resultado final da partida foi favorável aos comandados de Luís Miguel que sairam vencedores do Estádio do Passal com o resultado de 3-1.

Um bom ensaio para Domingo, e a continuação na senda dos bons resultados.

Neste jogo não foram utilizados Abdou, Tiago Martins, Moita, Luís Faria e Sibidé, quem regressou foi Bruno Pereira que tudo indica já poderá dar o seu contributo à equipa este fim de semana.

terça-feira, 7 de Outubro de 2008

HINO DO GDR

HINO
GRUPO DESPORTIVO DE RIBEIRÃO


REFRÃO
DESPORTIVO, DESPORTIVO
DESPORTIVO DE RIBEIRÃO
(COM CORAGEM E ARDOR
SERÁS SEMPRE O CAMPEÃO) BIS

1
Ó meu Desportivo amigo
Tens no futebol o condão
De erguer num hino altivo
O nome de Ribeirão.

2
Meu Desportivo sabemos
Tens valor tens ambição
Contigo nós estaremos
Clube do meu coração.

3
Ó querido Desportivo
Teu nome fica na história
Meu coração está contigo
Na derrota ou na vitória.

Autor: Alcino Azevedo
Música: Pe. Dr. António Oliveira
Letra: João Figueiredo/José Azevedo/Alcino Azevedo

Antevisão da 6ª Jornada


O GD Ribeirão recebe este fim de semana o AD Pontassolense, uma equipa madeirense que virá ao Passal criar algumas dificuldades aos ribeirenses, embora a equipa madeirense ainda não tenha vencido qualquer jogo e fora conta por derrotas os jogos disputados.
Será um jogo ideal para o GD Ribeirão continuar na senda dos bons resultados e na busca dos objectivos da época.
O Técnico Luís Miguel tem vindo a mudar constantemente o onze dos ribeirenses em virtude dos castigos e lesões, este não fugirá à regra e será de prever o regresso de Paulo Rola ao onze inicial, bem como do guardião Litos, embora neste ultimo à que referir as excelente exibições do guadião Diego, que tem estado em elevado nivel, podendo não haver mexidas na baliza.
Quero fazer um apelo aos sócios e simpatizantes do GD Ribeirão para comparecerem este domingo no Passal, às 15h, para apoiarem os nosso atletas em mais uma vitória, esperamos nós.

Treinos das Camadas Jovens

Iniciaram-se em Setembro os treinos de preparação da época 2008/2009 das camadas jovens do GD Ribeirão.

Esta vai ser uma época de continuidade, uma vez que há um projecto a desenvolver desde o inicio da última época. Trabalhamos sempre com um objectivo global para o departamento, a formação de Homens jogadores de futebol, sendo esta a base que assenta o nosso trabalho, disse um dos responsáveis do departamento de formação do GDR.

Infelizmente, contamos nesta época com menos uma equipa no departamento, mas não é isso que nos torna menos fortes e, todos temos consciência do trabalho que temos pela frente e dos objectivos a que cada equipa se propôs.
Futebol à parte, queremos apaelar às autoridades competentes para o trajecto (não se pode chamar estrada) que serve de acesso ao Parque Desportivo Municipal de Ribeirão. Mais uma vez está uma lástima e não tardam as chuvas e a situação ficará bem pior.

Terminamos este texto com o desejo de bom trabalho a todos os nossos treinadores, dirigentes e colaboradores. Uma excelente época a todos os nossos atletas e um forte apelo de apoio a todos os nossos associados e simpatizantes.

Obras da Sede já arrancaram

As obras para a construção da nova sede do GD Ribeirão arrancaram no passadi dia 22 de Setembro, e vão conferir uma imagem mais moderna ao Estádio do Passal, local onde vai surgir a infra-estrutura. Dpeois de algum atraso no início dos trabalhos, em virtude da demora na autorização das obras, a sede já está a ser construída, prevendo-se a inauguração do edificio a 1 de Fevereiro de 2009, aquando do aniversário do clube.
Para além da sede social, o projecto contempla também uma sala de imprensa, um museu, secretaria, sala de apoio ao sócio e uma loja para venda de artigos do clube. O investimento ronda os 100 mil euros, sendo a primeira melhoria de um programa de renovação que a direcção ribeirense pretende implementar no Estádio do Passal.
A Câmara Municipal de Famalicão e a Junta de Freguesia de Ribeirão vão comparticipar na construção da sede social, embora, e segundo o presidente Adriano Pereira, não chega a metade do custo total da obra. Por isso, o presidente do clube espera contar com o apoio de e mpresas, sócios e amigos do Ribeirão.

segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

Vitória moralizadora fora

SC Mirandela 0 - 1 GD RIBEIRÃO
O GD Ribeirão deslocou-se este fim de semana a Mirandela afim de defrontar a equipa local.
Foi uma vitoria justa do Ribeirão...com um grande golo do Tiago Martins para calar os mais criticos(principalmente de -chaves)que dizem que o homem está velho...um chapeu de fazer levantar o estádio. Bom jogo de quase toda a equipa penalizando na finalização..mas também tendo alguma sorte com algumas jogadas do Mirandela..Jefferson falhou de baliza aberta na 1a parte e Forbes na 2a..sao lances que não se pode falhar.
Queria destacar a atitude dos jogadores, parece que a derrota com o Chaves fez bem. A partir desse jogo nota-se que dão tudo em campo, disputam a bola como se fosse a última. Assim é que gosto de ver. Queria destacar também a presença dos adeptos Ribeirenses, primeiro em Santo Tirso, depois em Mirandela. Continua a acreditar no valor da equipa. Jogar com apoio dos adeptos, torna-se tudo mais fácil.

Grande atitude!

FC Tirsense 1 - 1 GD RIBEIRÃO
O GD Ribeirão deslocou-se no passado dia 28 de Setembro à vizinha cidade de Sto Tirso onde defrontou a sua congenere do FC Tirsense.
Como não fiz os comentários a tempo e ouvi apenas parte do jogo, aqui fica a análise de um ribeirense, sobre o jogo disputado: "Pelo que vi hoje,este jogo vai mudar o nosso rumo..pelo menos é o que eu espero..gostei da entrega dos nossos jogadores a todos os lances...o treinador do Ribeirão pela primeira vez leu bem o jogo e fez muito bem as 3 alterações e arriscou ao tirar o Jerónimo e a meter o Moita...nos ultimos minutos notou-se bem a juventude da nossa equipa,nao levamos um unico amarelo por anti-jogo e em todos os jogos isso acontece contra nós,mas nós nao fomos nisso...deveriamos perder tempo"...
O golo do GDR foi obtido num penalti claro, onde o Jefferson é empurrado e talvez deveria ser vermelho para o jogador do Tirsense, porque o Jefferson tinha tudo para fazer golo..., que foi apontado no pontapé de grande penalidade convertido pelo capitão Paulo Rola, mesmo já perto do termino do jogo, todavia e já nos descontos o Tirsense alcancaria o empate por intermédio de Hugo Cruz.
Foi um resultado bom para o GD Ribeirão, pois foi um jogo onde os jogadores deram mostras claras que o plantel desta época pode e vai dar imensas alegrias aos adeptos ribeirenses, grande atitude deixada em campo e os resultados saltaram à vista.