segunda-feira, 4 de março de 2013

Ribeirão perde dois pontos em Gondomar

O GD Ribeirão deslocou-se hoje a Gondomar pra defrontar a equipa local em jogo a contar para a 22ª jornada do nacional da 2ª divisão zona norte e empatou a zero.

A história deste jogo é muito simples, o Ribeirão dominou o jogo todo, mas infelizmente não conseguiu vencer o seu adversário e perdeu dois pontos e a possibilidade de se aproximar ainda mais do líder Mirandela que perdeu em Famalicão e de aproveitar a escorregadela do Chaves que empatou em Vizela.
O Ribeirão entrou disposto a resolver cedo o encontro mas por azar dos atacantes ribeirenses ou pelas boas intervenções de César guardião do Gondomar tal não aconteceu e se até aos 30' minutos de jogo só houve futebol no meio campo defensivo dos da casa, pois o caudal ofensivo ribeirense não deixava os da casa respirar, no último quarto de hora do primeiro tempo os da casa deram um ar da sua graça e por duas ocasiões criaram bastante perigo junto das redes de Albergaria e podiam ter chegado à vantagem, embora injusta no final do primeiro tempo.

No segundo tempo o inicio foi mais equilibrado, mas no último quarto de hora da partida e apoiada pela imensa massa adepta o Ribeirão carregou ainda mais sobre o último reduto do Gondomar, e procurou repetidas vezes chegar ao golo de todas as formas, e podia ter acontecido aos 82' minutos de jogo, pois beneficiou de uma grande penalidade a castigar falta sobre Daniel, com Paulo Rola a bater o castigo máximo e com César a brilhar novamente e a defender e com a bola ainda a beijar a trave, e sem que os ribeirenses conseguissem efectuar uma recarga eficaz, mas antes desta grande penalidade há a salientar que o arbitro da partida fez vista grossa a uma falta nítida dentro da área sobre Vitinha, e que só mesmo o juiz da partida não viu, ou não quis ver.

Com este empate o Ribeirão mantém o 3º lugar agora com 39 pontos, estando agora a quatro pontos do líder, na próxima jornada temos derbi famalicense com o Ribeirão a receber no Passal o Joane, e é esperada casa cheia no Passal para apoiar o Ribeirão que ainda está na luta pela subida de divisão.

No final do encontro o técnico Daniel Ramos estava triste com o resultado obtido pela sua equipa, apesar de terem tentado de todas as formas chegar ao golo, mas tiveram pela frente um guardião em tarde inspirada e também um relvado que nada ajudou o futebol praticado pelo Ribeirão e também queixou-se dos erros das equipas de arbitragem que segundo ele mesmo disse, nos últimos encontros tem prejudicado os ribeirenses com o não assinalar penaltis a favor da equipa ribeirense, enquanto que para as outras equipas que se encontram na luta a facilidade como se assinalam é clara e até mesmo nos descontos. Acrescentou ainda que o Ribeirão pode ainda esta temporada fazer história, mas se o deixarem fazer, pois tem potencial para isso, mas as equipas de arbitragem tem sido benevolentes com os adversários dos ribeirenses, pois deixam fazer anti jogo e não são assinalados as faltas como deveriam de ser.

RESULTADOS
 
 
CLASSIFICAÇÃO


3 comentários:

Anónimo disse...

isto esta tudo feito para o chaves subir e por isso que deixei de ver futebol com muita pena minha mas infelismente isto e assim

Anónimo disse...

O CHAVES SÓ SOBE SE NÓS DEIXARMOS.TEMOS DE LUTAR CONTRA TUDO E CONTRA TODOS,FOI PENA O ROLA FALHAR O PENALTI, ELE MAIS QUE NINGUEM NÃO MERECE ISTO.

Anónimo disse...

o comentario que o rubem fez está correto com aquilo que se passou no estádio mas eu não posso deixar de comentar que temos um treinador que joga só para não perder (e o jogar para não perder não é a mesma coisa que jogar para ganhar)não pode acontecer o flavio igor a aquecer toda 1.parte e não entrar para refrescar o meio campo e o assumané entra aos 90 minutos só para queimar tempo